Tag Archive | É menino ou menina?

É Menino ou menina ~ Desmistificando os mitos de previsão do sexo

A questão de saber se a mãe terá um menino ou uma menina é um grande tópico entre as futuras mamães e suas famílias. De fato, é um fato tão comum que existem muitos mitos sobre ele. Porém nos dias de hoje os contos e exercícios das velhas esposas não são tão confiáveis, graças à tecnologia médica, que permite que os pais vejam o sexo dos seus filhos meses antes de eles nascerem.

 

No entanto isto não quer dizer que nós não iremos falar destes velhos contos. Iremos examinar e desmistificar alguns dos mitos mais conhecidos sobre a previsão do sexo dos bebês.

 

Desmistificando os mitos sobre previsão do sexo do bebê

 

Os mitos conhecidos sobre previsão do sexo do bebê tornam essa adivinhação em um jogo divertido e empolgante. Apesar de não serem totalmente precisos, alguns destes mitos, surpreendentemente, possuem algumas evidências que os apoiam.

 

Mito #1: Se a sua barriga estivar mais baixa na frente, você terá um menino. Mas se ela for alta ou larga no meio, você terá uma menina.

 

Apesar de este mito parecer plausível, não é realmente baseado na realidade. Para falar a verdade, o modo como uma grávida carrega seu bebê depende do tônus muscular, formato do corpo, ganho de peso e a posição que o seu bebê senta dentro do útero.

 

Mito #2: Se os batimentos cardíacos do bebê marcarem mais de 140 batimentos por minuto, é uma menina.

 

Este é outro mito pular que foi desmistificado…mais ou menos. De acordo com um estudo conduzido em 2006, “não existem diferenças relacionadas ao sexo na taxa de batimentos do feto durante o primeiro trimestre de gravidez”, principalmente porque o batimento cardíaco do feto tende a ser mais rápido durante as 30 primeiras semanas de gravidez. É interessante também citar um estudo de 1999, que diz que o coração de uma menina bate mais rápido que o de um menino pouco antes do parto. Tendências similares foram vistas em estudos feitos após este estudo específico.

 

Mito #3: Se você tiver enjoo matinal por um longo período de tempo, você terá uma menina.

 

Este mito surpreendentemente possui um pouco de verdade atrás dele. Muitos estudos descobriram que as mulheres que têm enjoos matinais intensos ou hiperêmese gravídica tendem a dar à luz a meninas. Isto ocorre porque o hormônio da gravidez, hCG, tende a ser maior em grávidas de meninas. Porém mulheres grávidas de meninos também tendem a desenvolver enjoos matinais intensos, então não é um mito realmente confiável se você parar para pensar nisso.

 

Descobrindo se você terá um menino ou uma menina

 

A maneira “garantida” de descobrir se você terá um menino ou uma menina é fazer um ultrassom. Muitas mães tendem a fazer ultrassons entre 18 e 20 semanas de gravidez. Apesar de mais intensivos nos recursos e no custo, maneiras alternativas de descobrir o sexo do seu bebê envolvem testes de DNA, amniocentese e amostragem vilo-coriônica.

É menino ou menina – qual é a melhor maneira de prever o sexo do bebê?

É menino ou menina – qual é a melhor maneira de prever o sexo do bebê?

Após os primeiros meses de gravidez, muitas mães ansiosas geralmente têm um pensamento em suas mentes:

 

‘Eu vou ter um menino ou uma menina?’

 

A perspectiva de ter um menino ou menina geralmente faz as pessoas, incluindo as mães, a acreditarem nos mitos que cercam a previsão do sexo do bebê. Alguns dos mais comuns incluem a altura da barriga, o teste do anel com um barbante e até mesmo pressentimentos sobre carregar um menino ou uma menina.

 

Porém não existe maneira melhor de descobrir o sexo do seu bebê do que procurar ajuda de um especialista. Neste artigo, vamos revisar de maneira breve algumas das várias maneiras através das quais as mães podem potencialmente descobrir o gênero de seus bebês.

 

Qual é a melhor maneira de prever o sexo do bebê?

 

Enquanto as pessoas tipicamente confiam em metodos, existem exercícios de ‘previsão do sexo dos bebês’ que tendem a oferecer os resultados mais precisos. Vamos dar uma olhada nos mais comuns.

TPNI

O Teste Parental Não-invasivo ou TPNI permite às mães descobrirem o sexo de seus bebês através de um teste sanguíneo. Estudos mostraram que esta forma de teste é 99 porcento precisa quando o assunto é prever o sexo de um bebê. Não apenas isso, ela oferece informações sobre o risco potencial de anormalidade nos cromossomos, como a Síndrome de Down, Síndrome de Edwards e Síndrome de Patau. Este tipo de teste é geralmente oferecido a mães que podem ter risco de seus fetos desenvolverem defeitos de nascimento relacionados aos genes.

AVC e amnio

A Amostragem Vilo-Coriônica e amniocentese, assim como o TPNI, faz um mapeamento genético do bebê enquanto ele ainda está no útero. A diferença entre estes testes diagnósticos é que eles são invasivos e podem elevar o risco de          aborto. A AVC é geralmente realizada por volta de 10 semanas de gestação, enquanto a amnio é conduzida pela semana 15. Estes testes são recomendados para mães que tenham uma grande chance de seus fetos desenvolverem anomalias genéticas.

Ultrassom

Os ultrassons geralmente são rotinas não-invasivas que são realizadas entre 18 e 22 semanas de gravidez. Obviamente, eles são realizados com regularidade ao longo da gravidez. Apesar de não ser tão preciso quanto o TPNI ou a AVC e amnio, um técnico de ultrassom pode verificar se o bebê que está crescendo é um menino ou uma menina ao visualizer a sua anatomia durante uma consulta. Em alguns casos, eles podem não ter uma boa visibilidade durante certos estágios da gravidez, então a precisão pode não ser das melhores. Ainda assim, esta é uma das melhores maneiras para saber o sexo do bebê antes do nascimento.

Como Fazer Para Engravidar ««« CLICA AQUI

 

Mães que precisem reestabelecer a sua confiança antes do ultrassom do segundo trimester geralmente compram o que é conhecido de teste de previsão do sexo do bebê. Estes kits geralmente dizem a uma mãe se ela terá um menino ou uma menina medindo a quantidade de testosterona presente na urina. Kits mais “chiques” tendem a detector a ausência ou presença de DNA especificamente masculino usando uma amostra de sangue da mãe.

 

Apesar de muitos destes kits prometerem ter pelo menos 90 porcento de precisão, eles não são exatamente os kits mais precisos. Muitos destes kits avisam os futuros pais para confirmarem os seus resultados com o médico antes de, bem, pintar o quarto do bebê.

Como Escolher o Sexo do seu Bebê —Clica aqui para ver